Arquivo da categoria: Design

Rosenbaum – Design Útil

Depois de um merecido descanso o THERDESIGN volta das férias em grande estilo!

Em sua passagem por Teresina, Marcelo Rosenbaum reservou um tempinho pra conversar com o THERDESIGN. Após inspirar a todos com a palestra Design Útil e declarar que sangue nordestino corre em suas veias, Rosenbaum nos provou ser merecedor de todo o sucesso que tem, com vários trabalhos sociais, o criativo do Lar Doce Lar no Caldeirão do Huck atua há mais de 20 anos à frente do escritório Rosenbaum®. Seu trabalho tem como inspiração principal os valores da brasilidade.

Da esquerda para direita: Vanda, Daniel, Virgínia, Domingos, Clenilda (em baixo), Rosenbaum, Bruna e Juliana

THERDESIGN – Esse trabalho de levar produtos do Nordeste para o Brasil e para o mundo é muito importante para nós.

MARCELO ROSENBAUM – Na verdade não é apenas do Nordeste, eu chamo do Brasil, que por coincidência meu olhar está muito no Nordeste, é que no Nordeste a cultura é muito forte.

TD – O que nós nordestinos e até brasileiros como geral podemos fazer para colaborar com essa divulgação?

MR – Fazer. Fazendo. Não tem outro jeito de colaborar se não fazendo, divulgando, usando, se inspirando…

TD – Dentro desse contexto de brasilidade, o que você acha mais importante, criar uma identidade ou seguir as tendências?

MR – Eu não acredito em tendência. Acredito em comportamento. Acho que existe um comportamento que ele é único para o mundo todo. O jovem no Brasil é igualzinho ao jovem na Rússia, ao jovem de Israel, ao jovem do Peru, ao jovem da Alemanha isso é um comportamento. Não tem explicação, o comportamento é só um, o que vai diferir é a tua inspiração, no que você vai se inspirar. Na mesma informação que tá lá no Peru ou na Europa, como as pessoas fazem. Meus amigos, todos tem trabalhos lindos, eles se inspiram numa coisa muito mais internacional, eu prefiro fazer um trabalho mais regional, é um caminho meu, não é certo ou errado. Dá pra ter sucesso, as pessoas aceitam tudo. Isso aí é uma questão de acreditar. Eu acredito nisso, eu não vejo isso como certo, eu faço porque eu acredito realmente! E dá  certo.

TD – Essa coisa de ter identidade forte gera alguma dificuldade para conquistar espaço no mercado ou é uma facilidade?

MR – Acho que nem uma coisa nem outra. Há uma identidade. Eu tenho uma identidade. Você tem que fazer o que você acredita. Eu não estou preso numa identidade brasileira, não é que eu possa fazer só isso, eu faço outras coisas também. Claro que aquilo é um código do meu trabalho, tá editado no meu trabalho, mas meu trabalho não é só isso.

TD – Essa é a terceira vez que você vem para o Piauí. O estado corresponde às suas expectativas, qual a imagem que você leva daqui?

MR – Povo acolhedor, povo aberto, tem receptividade, carinhoso, bonito. Um estado absurdamente com um potencial gigante! Gigante! Vocês têm a Serra da Capivara, Sete Cidades, Parnaíba, é uma coisa impressionante. Barra Grande…

TD – Pra finanizar a gente queria uma mensagem para profissionais iniciantes como a gente, estudantes, uma inspiração,  uma mensagem de estímulo ou alguma coisa que você tenha a acrescentar pra gente.

MR – Acredite no que você pensa, só isso, não pare nunca de acreditar! É o que eu faço até hoje, eu ainda me sinto  estudante, ainda acho que tô começando…

Durante a entrevista nossa colaboradora Clenilda Moreira gravou tudo. Nossa intenção era simplesmente transcrever o bate-papo, porém a energia emanada por Marcelo é tão grande que achamos justo compartilhar pelo menos um trechinho com nossos leitores! Lembramos apenas que é um vídeo amador e que possíveis tremidos são por conta da emoção.

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Design

Existem Flores em Você

Por: Ana Cristina Ximenes, Angela Carolina, Carolina Sampaio e Marcia Veras‏

Quando se fala em decoração imaginamos logo os móveis, quadros lindos, tecidos deslumbrantes, mas poucos lembram das flores.  Um belo arranjo de flores frescas e perfumadas deixa qualquer ambiente mais alegre e acolhedor.

No Piauí, por causa do clima quente, fomos em busca de uma alternativa que fosse bonita  e possível de ser cultivada aqui mesmo. Então descobrimos as Flores e Folhas Tropicais que são lindíssimas e se adaptaram  perfeitamente ao nosso clima .

Em Teresina, já são comercializadas em toda parte, shoppings, mercados, quiosques; em pequenos e grandes arranjos que variam de R$ 5,00 a R$ 10,00.

Quiosque na margem do Rio Poti

Decoração de Mesas para Festas

 

Em uma mesa de trabalho

 

Decorações Diversas

2 Comentários

Arquivado em Ambientes, Design

Decore o cartão de visita da sua casa

Por: Bruna Leão, Clenilda Moreira, Érica Mendonça, Virginia Leal

   Uma tendência que está super em alta é a decoração feita diretamente nas portas. Com cores bem saturadas e adesivos  originais, você pode dar um toque criativo às suas alvenarias.

 Se você tem medo de exagerar muito nas cores, uma dica que lhe damos é fazer detalhes simplificados em cores suaves.

  Se o seu objetivo for dar uma alegrada ao seu ambiente, você pode abusar dos tons saturados. Isso se adequa mais a ambientes onde os principais freqüentadores são jovens.

  Com um toque de criatividade na hora de desenhar a sua porta, o designer poderá criar uma identidade para a sua casa, o que tornará a decoração interna e externa únicas. Quem não adoraria ter um elemento decorativo único na sua residência? Então vamos criar!

1 comentário

Arquivado em Ambientes, Design

Sua casa, sua cara!!

Bom mesmo é entrar em casa e se SENTIR EM CASA. Os móveis, as cores, tapetes, prateleiras, livros e artes, sim as artes também estão cada vez mais sendo usadas segundo o gosto, mais que pessoal, dos donos de casa.

Hoje, é impressionante como em cada visita a casas de amigos, ou conhecidos podemos encontrar arte feita com coisas corriqueiras – e o melhor: arte feita pelos próprios amigos ou conhecidos.

Qualquer coisa pode virar arte. Vai da imaginação e da liberdade de expressão de cada um. O bom é inovar e trazer “nova estampa” para coisas sem uso e que até mesmo poderiam ser tidas como problemas na organização da casa.

Foi assim, por exemplo, que surgiu a ideia dos fios. Olha que coisa impressionante!! Tem coisa mais chata que esconder os fios dos “zilhões” de equipamentos que possuímos?! Incrível, não?!

A impressão que dá é que são estruturas tecnológicas – tipo circuitos eletrônicos – na parede . Um tipo de escultura diferente e divertida.

Outra coisa bacana é “repaginar” coisas que já existem na sua casa. Mary Célia, fez dos tamboretes comuns, arte. A iniciativa de cobri-los com tecido, os transformou de algo simples em um artigo de decoração charmoso. Outra coisa, não é mesmo?! As mesas e outros mobiliários também ficaram show. Uma coisa prática que deixa mais lindos e, a sua cara os móveis de casa.

Criatividade com cunho ecológico, esse é o pensamento certo na decoração moderna. E fica perfeito. Darcy Bastos mostrou em sua casa o que ele fez com toras de madeira que estavam danificadas e deixadas de canto se estragando. Não é surpreendente?! Consciência social somada a imaginação e beleza. A cara do cara!!

É simples assim. Basta mudar de ângulo, de ares e de cores. A casa da gente tem que ter a cara da gente!

2 Comentários

Arquivado em Ambientes, Design, Mobiliário

OLHA A CHITA AÍ, GENTE!

Por: Ana Cristina Ximenes, Angela Carolina, Carolina Carvalho e Márcia Veras

Aproveitando que estamos na época das festas juninas, vamos falar das chitas. Tem  muita gente que gosta mas tem medo de errar na hora de compor um ambiente, ou medo que as pessoas achem o visual brega. Tem outras que não gostam por acharem a estampa muito chamativa. Então queremos mostrar que essas estampas além de chiques, deixam o ambiente menos impessoal, fugindo da decoração com cara de showroom. Além disso, nenhum espaço passa despercebido com essa estampa, proporcionando um ambiente mais alegre e original, que é tudo hoje em dia – que o diga Marcelo Rosenbaum, que sabe muito bem explorar o que de melhor há neste conceito.

A chita surgiu na Índia e é um tecido de algodão de segunda linha que para camuflar a trama rudimentar e as imperfeições, coloriu com estampas florais de tons bem fortes. No Brasil, a chita apareceu em meados de 1880 e era utilizado basicamente na confecção de toalhas de mesa. Depois passou a ser usado nas confecções de roupas, e atualmente podemos dizer que saiu da senzala e ganhou o mundo, fazendo parte de peças decorativas e revestimento de mobiliário, caindo assim nas graças de artesões e designers famosos, como é o caso da cadeira mademoiselle, de Philippe Starck (foto abaixo).

Mas para quem quer dar apenas um toque de cor ou pretende decorar sua casa neste período junino, pode usar a chita nos pequenos detalhes, como louças, guardanapos, almofadas, e o que mais a criatividade permitir.

Pode ser uma parede todinha onde foram utilizadas várias estampas, dando uma idéia de mosaico.

Que tal esse armário, não é lindo?

E a poltrona? Essa tem que ter bastante estilo e coragem para ousar

A famosa cadeira Mademoiselle, Philippe Starck

Ou ainda, podem ser pequenos detalhes como estes.

Deixe um comentário

Arquivado em Design

O que é Design por Kalina Rameiro

Perfil

Artista plástica, Kalina Rameiro utiliza variadas matérias-primas e trabalha em diferentes vertentes, produzindo esculturas, telas e acessórios. Já participou de dois showrooms em Tóquio como convidada e emplacou diversas matérias em revistas nacionais, como Casa Vogue e Casa Cláudia. Para ela, sua melhor propaganda é o produto e se inspira no cotidiano e principalmente no nordeste para criar objetos diferenciados. Como em alguns outros casos seu trabalho foi valorizado primeiro fora do estado para poder ganhar visibilidade aqui. Kalina criou várias linhas junto aos ceramistas do Poty, ajudando a elevar a qualidade dos produtos e a auto-estima dos artesãos. Trabalhou, também com opalas de Pedro II. Ela, que busca sempre materiais inovadores e que tem o poder criativo maior que o da produção, diz que só não se pode deixar de lado a ética.

“Faço parte do mundo da linguagem visual: um mundo atento, observador, sensível ao extremo, no qual consigo ver beleza e transformação nos mais simples elementos… Não me prendo a modismos… Coloco o sentimento do amor como minha filosofia de vida e do meu trabalho…”

O que é Design para você?

“Pra mim design é uma forma de produto que seja diferente, não necessariamente funcional, e que tem o papel de despertar o interesse das pessoas.”

Um pouco das criações:


É claro que não saímos de mãos abanando!

Mais fotos:

 

 

 

5 Comentários

Arquivado em Design

Teresina tem CONCEITO!

Tatiana e Adriana

Tatiana Fortes (arquiteta e designer de interiores), e Adriana Rebelo (arquiteta e administradora) sempre tiveram interesse por arte e é por isso que hoje são sócias da loja conceito pioneira em Teresina. O objetivo sempre foi montar um negócio ligado à arte e arquitetura, fizeram pesquisa de mercado e se inspiraram em lojas conceito no exterior: assim nasceu a OLIK – Objetos Inusitados. As sócias tentam agrupar o máximo de artistas, inclusive da região, para começar a aquecer o mercado de arte local. Buscam não esconder o artista, mas aproximá-lo do público e promover sua valorização.

A loja traz um mix de produtos de artes plásticas, design e artesanato, além do Café com Oli, onde os pratos são servidos de maneira diferente, como tudo na loja, afinal, gastronomia também é arte. A loja conceito brinca com todos os sentidos; com muitas cores e texturas, trilha sonora escolhida a dedo e o cheirinho do café. O conceito não está somente nos produtos, mas na ambientação geral, que utiliza cimento queimado, madeira sustentável e elementos da arquitetura contemporânea tudo de forma que o mobiliário não interfira na visualização dos produtos. Sem falar no banheiro, que é mais um detalhe e foi batizado de cápsula amarela. O desejo é de passar horas apreciando.

Tatiana diz que algumas pessoas ainda estranham um pouco, mas facilmente se encantam. E conclui que a idéia não se perdeu, pois o espírito inovador conseguiu influenciar outras pessoas que hoje estão atuando no mercado com cores, ousadia e arte.

“O mundo globalizado massificou tudo e a tendência mundial é que as pessoas personalizem seu espaço, dêem sua cara a ele.”

O que é Design para você?

“Design é você pegar uma coisa do dia a dia e fazer da melhor maneira para ter utilidade e poder reproduzir, diferente da arte, porque ela é única.” Tatiana Fortes.

4 Comentários

Arquivado em Design